VDJPedia



 

Versão original autor H. Jakovski


Neste tutorial, tentarei explicar com um pouco mais de detalhes os recursos de transmissão do programa. Transmissão por si só parece ser uma coisa fácil, mas não se deixe enganar, não se trata de "apertar um botão e pronto". Você precisa conhecer um pouco sobre Redes, TCP/IP, um pouquinho de ajustes de firewall, configuração de roteadores e utilização de rede IP.

1 - CONHECENDO A CAPACIDADE DA SUA INTERNET

Primeiramente, uma coisa importante: se você quer transmitir música por stream para outras pessoas, você precisará largura de banda suficiente para realização de upstream para internet. Redes UMTS/HSPDA/GPRS (internet para smartphones) normalmente não são rápidas o suficiente para transmitir para mais de uma ou duas pessoas ao mesmo tempo com um qualidade (ou bitrate) aceitável, portanto tratam-se de equipamentos raramente utilizados para transmissão na prática. Entretanto, não existe problema nenhum para ouvir as transmissões de outros utilizando este tipo de rede - tanto que você consegue ouvir sua rádio preferida pela internet do smartphone sem problemas.

Agora, vamos entender um pouco com o processo de transmissão e alguns termos utilizados. É importante compreender alguns conceitos, pois daqui para frente os utilizaremos com frequencia.

Todo acesso à internet é feito através de Provedores de Serviço (IPS da sigla Internet Services Provider). Você, usuário comum, em geral faz um contrato com um grande provedor de serviços cada um com seus planos e nomes diferentes (Oi Velox, NET Virtua, GVT etc.) e neste contrato estão especificadas a capacidade nominal de seu ponto de acesso (1Mb, 10Mb, 20Mb, 100Mb, etc.). Esta capacidade nominal definirá a capacidade interna da sua rede local para trânsito de dados para internet, ou largura de banda. No Brasil costumou-se denominar internet banda larga todos os planos de acesso com capacidade nominal acima de 1Mb, mas não existe uma convenção por lei que defina a velocidade mínima para receber esta denominação.

As transmissões de áudio ou vídeo pela internet são feitas por stream. Em resumo, o processo de stream se baseia em codificar o áudio ou vídeo gerado a partir do seu programa e agrupá-los em vários "pacotes" que são enviados pela internet. Do outro lado, o computador da pessoa que irá ouvir seu áudio ou assistir seu vídeo recebe estes "pacotes" e os decodifica para áudio e vídeo normal.

Cada pacote de dados é armazenado em seu computador em uma memória volátil, onde aguarda para ser codificado (na transmissão) e decodificado (no recebimento). Esta memória é chamada buffer.

O tamanho de cada "pacote de dados" é definido pela qualidade que você escolhe para transmitir (geralmente, é uma taxa definida em Kbps ou Kilobits por segundo). Quanto mais qualidade você quer na transmissão, ou quanto maior a taxa de bits ou bitrate em Kbps, maior será a necessidade de uma internet com capacidade suficiente (largura de banda, ou bandwidth) para que estes dados sejam gerados e transmitidos, e também no caso de conexão direta o número de pessoas que se conectarão a seu computador para ouvi-lo demandará maior capacidade de internet.

O envio de dados pela internet é chamado de upload, bem como o recebimento de dados é chamado download. Especificamente no caso do stream, o envio de dados é chamado upstream e o recebimento, downstream. Portanto, as taxas de upstream/upload e downstream/download, que também variam conforme a capacidade nominal de sua internet, também são importantíssimas para que você tenha qualidade no processo.

As taxas de upload e download podem variam mesmo para internet com capacidades nominais iguais, pois dependem muito do seu provedor. Utilize um medidor de velocidade (speedtest.net, por exemplo) para saber exatamente a capacidade nominal de sua internet, bem como taxas de upload, download, upstream e downstream para que você tenha uma dimensão real da sua capacidade de sucesso para realização de stream, e definir limites para suas configurações.



Exemplos de problemas enfrentados por internet de baixa capacidade:

  1. Você define alta taxa de bits para transmissão (ex. 320 Kbps) mas sua internet tem capacidade para upload/upstream por volta de 160Kbps. Escolha um bitrate compatível com sua capacidade de upstream.
  2. Você consegue transmitir, mas o receptor (ouvinte) tem problemas com travamentos - a música pára e volta a tocar em outro trecho, ou demora muito para voltar a tocar no mesmo trecho (buffering). Isso acontece pois a capacidade de download do ouvinte é baixa, ou você está trabalhando com taxa de bits muito próxima à taxa de upstream.


2 - CONFIGURAÇÃO PADRÃO PARA ACESSO À INTERNET


Se você só tem um computador em casa e se conecta diretamente ao MODEM que por sua vez está conectado diretamente à internet através do provedor de serviços e não tem nenhuma rede local em casa - inclusive sem fio, possivelmente você não precisará executar os passos 3 e 4. Por favor avance diretamente para o passo 5.



Entretanto, a maior parte das pessoas possuem aproximadamente o mesmo padrão de equipamentos. A conexão de internet é fornecida por um provedor, que é conectada a um modem e depois a um Roteador, ou o próprio modem é um roteador. A partir do Roteador você tem cabos que saem para cada PC/MAC, ou então conecta estes mesmos computadores utilizando conexão sem fio através de uma rede WLAN (Wireless Local Area Network, ou rede local sem fio).




IMPORTANTE: existem dois tipos diferentes de endereços IP que você precisa conhecer antes de realizar stream pela internet. Primeiro, o endereço IP externo "real" de internet (este é obtido pelo seu roteador a partir do seu provedor provedor de serviços de internet) e o segundo, que é o endereço IP do seu computador com VirtualDJ.

O ENDEREÇO WAN (Wide Area Network Adress) também conhecido como endereço IP externo será fornecido pelo seu provedor cada vez que seu modem se reconecta à internet. Você não pode escolher ou alterar o número que é fornecido pelo provedor. A maioria dos provedores se desconectam uma vez ao dia (geralmente durante a noite) e talvez você ganhe um endereço diferente caso acesse a internet durante este processo. É importante saber do seu provedor quando ocorre este procedimento, pois caso ocorra durante sua transmissão você terá problemas. Se você imaginar a internet como uma rua sem fim, este seria o número da sua casa nesta rua, é o número pelo qual outras pessoas identificarão seu computador ou sua rede na internet.

O ENDEREÇO LAN (Local Area Network Adress) também conhecido como endereço IP interno será fornecido pelo seu roteador e irá identificar seu computador na sua rede local (sim, na sua casa você tem redes locais seja com fio ou sem fio). Este endereço é atribuído automaticamente mas pode ser alterado por você, enquanto administrador da sua rede local, acessando cada computador conectado em rede

Se imaginarmos a internet como uma grande rua, e a sua casa com 12 salas, o endereço WAN define o número da sua casa, e o endereço LAN define o número da sua sala.

Para streaming, é extremamente necessário entender o conceito de PORTAS em seu computador. Para isso, imagine sua conexão à internet como um grande portal, composto de milhares de minúsculas pequenas portas, neste caso uma delas é usada por suas músicas. A porta padrão para streaming do VirtualDJ é a porta 8000. Usuários que se conectarão a você precisarão do seu endereço IP externo e sua porta externa para streaming, porque eles somente enxergam seu modem como um grande portal de dados, ou Gateway, para a sua Rede. O roteador é uma "barreira" entre seu computador e a grande rede, portanto é necessário deixar as informações que saem pela porta 8000 passarem pelo roteador e alcançarem o modem.

Para que possam ouvir o stream, a porta 8000 usada pelo seu computador com VirtualDJ precisa ser "aberta" dentro do seu Roteador. Exemplificando, você deverá definir para o seu roteador que o áudio que vem do seu computador com IP interno XXX.XXX.X.XXX e a partir da porta 8000, poderá passar direto pelo roteador e poderá ser captado na internet, e somente assim outros poderão escutar suas músicas
- As pessoas que se conectarão a você diretamente usando seu navegador preferido de internet,
- O servidor de streaming externo que transmitirá seu áudio indiretamente,
- O servidor de Podcast do site VirtualDJ
Saiba mais detalhes adiante nos modos de transmissão.

Esta "abertura de porta" é feita conectando-se ao seu roteador. Olhe o desenho logo acima, tudo que você precisa fazer é conectar a porta externa 8000 ao computador com VirtualDJ (aquele com IP fixo) e então você poderá fazer o streaming através da porta 8000. Este processo se chama PORT FORWARDING.


ATENÇÃO!! Se você teve problemas para entender a parte escrita antes deste ponto, então recomendo parar por aqui. Caso você faça experiências em seu roteador ou no firewall do seu computador, como resultado de configurações incorretas você pode causar danos ou então facilitar acesso não autorizado ao seu sistema a partir da internet.


3 - COLETANDO INFORMAÇÕES

Se você quer configurar sozinho seu stream, então é hora de conseguir as informações necessárias para realizar o port forwarding.

Primeiramente, consiga o endereço IP interno do seu computador com VirtualDJ seja Windows PC ou Apple Mac.

Para WINDOWS clique em "Iniciar" e então digite cmd na caixa "Executar" (XP e anteriores) ou na caixa "Pesquisar" (Vista e posteriores), e aperte "Enter". Para Vista e posteriores será necessário dar duplo clique no resultado da pesquisa (ícone negro arquivo cmd.exe). Uma janela negra aparecerá e te mostrará o DOS e um prompt de comando (piscando). Por favor digite ipconfig e então aperte "Enter". Será exibido resultado parecido com o abaixo.

C:\>ipconfig

Windows-IP-Configuration

Ethernetadapter Wireless Networking:

IP-Address. . . . . . . . . . . . : 192.168.1.143
Subnetmask. . . . . . . . . . . : 255.255.255.0
Standardgateway . . . . . . . . . : 192.168.1.1


Anote o endereço IP sublinhado, trata-se do IP interno do seu computador com VirtualDJ. Claro o número do seu IP interno é diferente do que eu escrevi e sublinhei como exemplo, portando use o número identificado no seu computador.

Agora, precisaremos do IP externo ou endereço WAN. Existem maneiras diferentes de fazer isso. Podemos acessar o site http://www.wieistmeineip.com/. Anote o endereço exibido, trata-se do endereço IP WAN externo. Este será o IP a fornecer aos seus amigos que se conectarão ao seu computador posteriormente.



4 - PORT FORWARDING

Esta parte é a que considero particularmente difícil porque será necessário realizar configurações no roteador, e isso pode ser bem complicado.

Por favor, não faça nada sem consultar os manuais do seu Roteador para saber como realizar o processo de port forwarding ou "endereçamento de portas". Apesar de se tratar de um processo comum a todos os roteadores, cada modelo de roteador possui um método de realizar, portanto não há um padrão a ser seguido.

Mas basicamente o processo consiste em:

  1. Acessar a interface do seu roteador (normalmente utilizando um nome de usuário e senha que não são os dados de login do site VirtualDJ ou login do Windows. O processo de login para o roteador é diferente e será explicado no manual do roteador.

  2. Localize dentro das guias de configuração, a parte relativa a Port Forwarding. Alguns roteadores poderão exibir a opção em portugues "Direcionar Portas".

  3. Alguns modelos de roteador poderão exibir diferentes modos de direcionamento de porta. No caso do VirtualDJ escolha a opção Virtual Servers ou servidores virtuais.

  4. A liberação de portas pode ser descrita com o termo REGRA ou com o termo EXCEÇÃO. Você está configurando seu roteador para não restringir acesso externo ou interno a dados que passam por esta porta.

  5. Entre uma nova regra (ou exceção) usando os dados que você coletou: endereço externo IP WAN, endereço interno do seu computador e porta 8000 que deve ser direcionada (forwarded). No campo protocolo escolha a opção TCP e UDP. Para alguns roteadores, deve ser criada uma regra para cada protocolo, em outros somente uma regra atenderá para ambos protocolos.

Você pode achar mais informações sobre port forward no site http://portforward.com (em inglês).

Você pode confirmar se o port forwarding foi feito com sucesso com a ferramenta http://www.yougetsignal.com/tools/open-ports/ preencha o número correto da porta no respectivo campo.

NOTA: para verificação do port forwarding, é necessário que hajam dados a serem transmitidos pela porta, então acesse o VirtualDJ, coloque uma música pra tocar em qualquer deck, assegure-se que haja sinal na saída MASTER e inicie um processo de transmissão de PC para PC (é o mais simples, não requer muitos ajustes, mas recomendo que verifique o tutorial até o fim e especificamente esta parte para que o processo ocorra sem problemas).

O site mostrará seu endereço IP externo WAN e a porta de acesso 8000. Lembre-se que será este o endereço a ser fornecido aos seus ouvintes.



DICA: Alguns roteadores possuem particularidades interessantes. Por exemplo, o roteador TP Link WR740N não reconhece endereços IP com somente um dígito no quarto campo, portanto ao invés de digitar "192.168.0.1" tente "192.168.0.100". Do mesmo modo, para alguns roteadores somente é necessário um endereço IP para realizar a configuração, geralmente é o endereço interno.
A regra de ouro é definir um método de tentativa e erro. Realize e aplique a configuração, acione o VirtualDJ e faça o teste da porta no endereço informado. Não desista na primeira tentativa, seja persistente e conseguirá sucesso.


Port-Forwarding no TP Link TL-WR740N




5 - FIREWALL

Se você possui um programa Firewall instalado em seu sistema operacional, é muito provável que será necessário configurar o mesmo para permitir que o VirtualDJ acesse a internet para transmissão de dados.

Mas bem como no exemplo do roteador, a criação de exceções pode variar conforme o programa a ser usado.

Mas lembre-se: em geral, assim que você inicia o processo de transmissão no VirtualDJ, o Firewall pergunta se o programa pode ou não se conectar à internet. Se você fizer a coisa certa nesta hora, nunca mais precisará preocupar-se, mas se clicar em algo errado, então precisará rever as permissões do programa no Firewall.




6 - CONHECENDO SUA CONFIGURAÇÃO DE ÁUDIO

Uma vez que o VirtualDJ captura áudio da saída MASTER para transmitir, é imprescindível que você realize a configuração de áudio correta conforme o equipamento e placa(s) de som que estiver usando. A configuração de áudio pode mudar bastante conforme seu setup, por isso tenha em conta. Para saber qual configuração apropriada para seu equipamento, você poderá consultar as configurações mais comuns no Manual do VirtualDJ (seção configuração de áudio), e se usando controladores, na seção Configurando Controladores aqui mesmo na Wikipage em português.

NOTA: Ao realizar stream, os problemas mais frequentes de áudio são

  1. Ausência de áudio - pode ser provocado por erro na configuração de áudio, ou então caso você esteja tentando ouvir seu stream em outro computador conectado na mesma rede que o computador usado para transmitir. Caso queira testar se o stream está ok, por favor acesse o link para sua transmissão utilizando outra rede para acessar a internet (por exemplo, 3G ou 4G - rede de telefonia móvel).

  2. Áudio misturado na saída (deck 1 e deck 2 ou master e pré-escuta) - este comportamento geralmente ocorre para usuários que utilizam configuração de áudio para MIXER EXTERNO ou algum controlador que tenha um mixer comum de áudio sem recursos MIDI construído internamente ao controlador (ex. Numar Mixdeck). Consulte a seção Gravando ou transmitindo (stream) seu set se usando mixer externo.


7 - TRANSMITINDO...

Já esclarecidos estes pontos, vamos agora mostrar como transmitir com VirtualDJ. Existem três modos de fazê-lo.


TRANSMISSÃO DIRETA PC-PARA-PC

VirtualDJ V7
Agora, vamos iniciar o VirtualDJ, clicar na guia Record, clicar em CONFIG e selecionar a opção "broadcast from may own computer".

Atenção!!!
Conforme já explicado anteriormente, é importante que sua largura de banda de UPLOAD seja alta o suficiente. Normalmente, NÃO é a mesma largura de banda de downstream, então verifique sua capacidade de UPSTREAM. Você pode medir a largura de banda usando os sites já citados.

Muitos computadores NÃO suportam conexões a partir da rede interna LAN para a interface do roteador WAN. Caso queira ouvir seu próprio stream, terá que utilizar o IP interno que você descobriu seguindo as dicas anteriores. Como experiência particular, costumo utilizar as redes de telefonia celular 3G ou 4G (Brasil) para testar qualidade do stream, haja visto que é totalmente independente da minha rede doméstica.


Na maioria dos casos, os usuário escolhe transmitir em formato MP3. Para isso, você precisará de um codec (codificador/decodificador) MP3, o famoso lame_enc.dll que você pode baixar aqui. Coloque este arquivo dll na pasta PLUGINS do VirtualDJ e selecione-o a partir do botão [...] localizado ao lado do campo ENCODER.

NOTA: VirtualDJ por padrão já instala o arquivo lame_enc.dll na pasta citada, só faça download em caso de inexistência do arquivo ou arquivo corrompido.



Defina a taxa de bits (bitrate em kbps) para sua transmissão, já explicamos o que é o bitrate nas seções anteriores. Você pode chegar a uma taxa máxima limite dividindo o valor da largura de UPSTREAM pelo número de usuários que deseja alcançar.

VirtualDJ enviará seus dados por stream em formato Shoutcast ou Icecast, do mesmo modo que servidores reais. Usuários que queiram se conectar a você poderão fazê-lo utilizando um cliente de streaming como Winamp, VLC, Mediaplayer, etc. ou poderão se conectar normalmente com seu navegador - Firefox, Chrome, Opera, etc. - haja visto que a maioria dos navegadores conseguem identificar a necessidade de instalação de plugins para necessidades como esta, basta inserir o endereço na barra de navegação e aguardar instruções - se aparecerem.




VirtualDJ V8
Para VirtualDJ v8, foi criado um servidor interno na página www.virtualdj.com para que você possa fornecer aos seus ouvintes, sendo assim mais simples que o método anterior, e tornando desnecessária a adoção do método para Shoutcast/Icecast que acaba restrito a situações mais específicas.

Basta você fornecer o seu link para seus usuários, que acessarão o website VirtualDJ e o escutarão a partir dele.
O link se parece com
http://www.virtualdj.com/homepage/[MEU NOME DE USUÁRIO]/broadcast.html


Para iniciar sua transmissão, clique no botão PC-TO-PC DIRECT localizado em CONFIG > BROADCAST e depois no botão START BROADCAST.


TRANSMISSÃO DE PODCAST PARA VIRTUALDJ.COM (Somente VirtualDJ v8)

Uma vez que os dados podem ser transmitidos para os servidor virtualdj.com, ele se tornará uma espécie de "gerente de stream" para sua transmissão. Portanto, além de transmitir para outros ouvintes, você conseguirá fazer uma "transmissão particular" para que os servidor grave e depois disponibilize para outros escutarem diretamente a partir de sua página pessoal do site virtualdj.com. Ou seja, você terá seu próprio PODCAST.

Basta clicar na opção EPISODES PODCAST localizado em CONFIG > BROADCAST e depois no botão START BROADCAST.



TRANSMISSÃO INDIRETA PARA SERVIDOR SHOUTCAST/ICECAST PARA WEBRÁDIO

VirtualDJ V7
A maior diferença entre o método de PC-para-PC é o limite de usuários conectados. Ao transmitir para um servidor, é o servidor que limitará o número de pessoas que podem se conectar à sua estação. A maioria dos planos de hospedagem gratuitos permite até 1000 pessoas. E você só precisa de largura de banda suficiente para transmitir para o servidor, que será seu "único ouvinte direto" - ou seja, ideal para pessoas que tem conexão de banda larga entre 1Mb e 5Mb nominal.

A configuração do codec é a mesma utilizada quando você faz uma transmissão direta a partir do computador. Basta alterar a opção para "Streaming to a Server". Agora, digite os dados de login do seu servidor de stream nos campos apropriados e pronto. Conecte-se ao seu servidor, e bola pra frente!

Para servidores Icecast, o campo server (servidor) da janela de configurações deverá conter o mountpoint (ponto de montagem) caso exista um. Por exemplo, IPdoServidor/mountpoint



VirtualDJ V8
Os campos a preencher são os mesmos que os descritos na V7 ao escolher a opção RADIO SERVER, basta preencher corretamente.





VOLTAR ao Indice