Speedy53
Sou Frank Speedy, membro do time de suporte VirtualDJ em língua portuguesa. Entre em contato, envie uma mensagem particular, ou faça uma postagem no mural público. Por favor use as ferramentas apropriadas para problemas e dúvidas com VirtualDJ. Veja os playlists dos meus sets, e fique ligado no meu blog, onde você pode ver vídeos meus discotecando - transmitindo ao vivo desde 2010.
I am Frank Speedy, member of VirtualDJ Support Team for portuguese speaking users. Contact me by private messages, or posting at the wall. Please use the appropriate tools if you have any issues regarding VirtualDJ. Check my sets, and stay tunned to my blog, where you can see my DJing videos - live streaming since 2010.
 Mixer externo - Conectando o equipamento e configurando VirtualDJ

Mon 01 Feb 10 @ 8:01 pm

4.1) CONFIGURANDO O PROGRAMA (PARA PLACAS DE SOM 3D OU PLACAS DE SOM DEDICADAS)

Caso você tenha feito a configuração descrita no tutorial de separação monofônica (MONO SEPARATED), ou tenha executado a configuração contida no tutorial para DUAS PLACAS DE SOM, parta diretamente pata o passo 4.2 - conectando o mixer.

Abaixo, você vê os 2 meios de configuração do programa para uso de mixer externo, conforme já orientados previamente. Atente para a legenda abaixo de cada figura, e execute conforme a sua aplicação.

Lembrando 1: Se você chegou até aqui, sua(s) placa(s) de som já estão identificadas e, no caso de placa 3D, já deve estar configurada. Caso não tenha feito isso, clique aqui para retornar ao tópico original e observe o passo 2.

Lembrando 2: ao configurar o áudio do VirtualDJ, SEMPRE use nos menus drop-down as opções referentes aos drivers de sua placa. NUNCA utilize a opção driver de som primário, o uso desta opção pode levar a mau funcionamento no áudio.


4.1.1) Usando Placa de som 4.1 (com recursos 3D)

  • ENTRADAS = “NONE” (Nenhuma) – para mixer externo, não é necessário nenhum sinal externo de referência para o programa.
  • SAÍDAS = EXTERNAL MIXER – deste modo, você dirá ao programa que quer duas saídas de áudio, sendo uma para DECK 1 e outra para DECK 2. Em frente a esta caixa, temos um menu drop-down que será futuramente mencionado.
  • PLACA(S) DE SOM = 4.1 CARD – ao definir esta opção, estamos dizendo ao programa que usaremos uma placa de som 3D.

    No menu drop-down em frente a esta caixa, escolheremos entre os drivers detectados pelo VirtualDJ, qual deles corresponde à placa de som 3D. Clique aqui caso não tenha feito a identificação correta, e leia o tópico 3. Nunca defina neste menu a opção “driver de som primário”, isto pode acarretar mau funcionamento do seu sistema.

    Agora, no menu drop-down localizado em frente à caixa SAÍDAS, defina a seguinte opção: DECK ESQ.: SAÍDA FRONTAL / DECK DIR.: SAÍDA TRASEIRA. Isso não foi feito antes, pois os valores deste menu são alterados conforme a opção definida na caixa PLACA(S) DE SOM. E também, as funções atribuídas às placas de som podem facilmente ser invertidas neste menu, caso você faça alguma inversão ao conectar os cabos no mixer.


Configurando programa para mixer externo usando uma placa de som 3D 4.0 ou superior.


4.1.2) Usando Placa de som Dedicada

Importante: algumas placas de som de controladores têm somente uma saída (ex.: família Behringer BCD2000/3000), tornando IMPOSSÍVEL a ligação e configuração desta placa para uso de mixer externo.

  • ENTRADAS = “NONE” (Nenhuma) – para mixer externo, não é necessário nenhum sinal externo de referência para o programa.
  • SAÍDAS = EXTERNAL MIXER – deste modo, você dirá ao programa que quer duas saídas de áudio, sendo uma para DECK 1 e outra para DECK 2. Em frente a esta caixa, temos um menu drop-down que será futuramente mencionado.
  • PLACA(S) DE SOM = DJ CONSOLE MK2 – ao definir esta opção, estamos dizendo ao programa que usaremos uma placa de som dedicada. O descritivo desta caixa irá mudar de acordo com o modelo da placa em uso. Tenha atenção ao definir corretamente a sua placa dedicada. Pode ser usado também a opção ASIO DRIVER, caso sua placa não apareça diretamente entre as opções de preenchimento da caixa.

    Somente aparecerá um menu drop-down em frente a esta caixa caso seja definida a opção ASIO DRIVER. Aqui então escolheremos entre os drivers ASIO detectados pelo VirtualDJ, qual deles corresponde à placa de som dedicada.

    Agora, no menu drop-down localizado em frente à caixa SAÍDAS, defina a seguinte opção: DECK ESQ.: CANAL 1 & 2 / DECK DIR.: CANAL 3 & 4. Isso não foi feito antes, pois os valores deste menu são alterados conforme a opção definida na caixa PLACA(S) DE SOM. E também, as funções atribuídas às placas de som podem facilmente ser invertidas neste menu, caso você faça alguma inversão ao conectar os cabos no mixer.


Configurando programa para mixer externo usando uma placa de som dedicada.


4.2) CONECTANDO O MIXER

O modo de utilização do mixer é absolutamente igual ao que você já está acostumado. inclusive a pré escuta. O computador funcionara como 2 CD players enviando 2 sinais de áudio para o mixer, sendo um proveniente de cada deck. Para que cada sinal seja enviado sem problemas ao mixer, mantenha o crossfader no meio ou, em configurações aba opções, defina o crossfader como DESATIVADO.

Abaixo, você vê os 4 meios de conectar sua placa de som ao mixer. Atente para a legenda abaixo de cada figura, e execute conforme a sua aplicação.

O sistema de amplificação exibido é meramente ilustrativo.


Usando UMA placa de som (sistema MONO SEPARATED).



Usando UMA placa de som (sistema 3D 4.0 ou superior).



Usando DUAS placas de som.



Usando UMA placa de som DEDICADA.


Importante: algumas placas de som de controladores têm somente uma saída (ex.: família Behringer BCD2000/3000), tornando IMPOSSÍVEL a ligação e configuração desta placa para uso de mixer externo.